Tecnologia do Blogger.

29/06/2014

Tag:

Afobia ao sofrimento


Digam o que disserem, o mal do século não é mais a solidão (parafraseando Renato Russo) e sim a fobia ao sofrimento que vem se tornando um mal generalizado. São pessoas com bloqueio emocional para amar para não ter que se desiludir, são agendas lotadas para não correr o risco de sofrer de solidão, são buscas constantes por companhia desde que não fiquem um minuto sozinha. Aos montes o que se vê por ai são homens e mulheres evitando criar vínculos significativos para não se decepcionar, é uma lista quase infinita nas pequenas variações de intensidade e frequência. Essa vida automática de fala apressada e olhar apreensivo. Parece haver uma escola informal que treina as pessoas em jogos sociais para evitar o sofrimento. “Ligo agora ou deixo fulano sentir minha falta?”, “ele não me merece, vou dar o troco”. O efeito paradoxal é uma vida emocional pobre de intimidade e desidratada de emoções verdadeiras. Outra consequência é exatamente criar mais sofrimento na tentativa de evitá-lo. Nunca se viu uma quantidade enorme de pessoas deprimidas, ansiosas com problemas conjugais, profissionais e sexuais exatamente por evitar a todo custo sofrer. Por outro lado as atitudes que poderiam abrir espaço para a cessação do sofrimento são pouco valorizadas ou cultivadas. Lealdade, compromisso, generosidade autêntica e sabedoria são palavras que ficam empoeiradas nas prateleiras no coração humano. Para se libertador do sofrimento é preciso admitir que ele venha desajustar um pouco do excesso de certeza e colocar em xeque o orgulho pessoal. Se admitisse cair você cairia menos, se aceitasse perder você perderia menos, se acolhesse a desilusão se desiludiria com menos frequência. O luto não é uma maldição, mas um período necessário de recomposição psicológica. É pelo caminho da abertura, da entrega, da vulnerabilidade que o sofrimento pode bater mais raramente na sua vida. Afinal, quem se fecha para o sofrimento é aquele que sofre por mais tempo e quem flui nos altos e baixo da vida sofre, mas se renova.

About Ingrid Oliveira

Hi, My Name is Hafeez. I am a webdesigner, blogspot developer and UI designer. I am a certified Themeforest top contributor and popular at JavaScript engineers. We have a team of professinal programmers, developers work together and make unique blogger templates.