26/06/2009

: oração


"Em tuas mãos, ó Deus eu me abandono.
Vira e revira esta argila, como barro na mão do oleiro.
Dá-me amor por excelência, para entender cada dia a contradição, o esquecimento, o insucesso, os falsos juízos, a frieza, as recusas, e desprezos,as trevas da mente e a aridez do silêncio.
Então somente tu saberas que te amo, embora eu mesma, saiba tão pouco de Ti, mais isto basta."

3 comentários:

Anônimo disse...

lindo isso!
parabéns
ta lindo o espaço!
vou te incluir nos clicos! rs

bj
menina

Del C ... ★ disse...

Nossa, que lindo.
Que Deus te abencoe cada dia da suaa vida ingrid ! :)

Zilmo disse...

linda oração, poética e sincera, parabéns, digo amém =]