22/06/2008

"Quando fazemos tudo para que nos amem ... e não conseguimos, resta-nos um último recurso, não fazer mais nada. Por isto digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado ... melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não façamos esforços inúteis, pois o amor nasce espontâneamente, mas nunca por força da imposição. Às vezes é inútil esforçar-se demais ... nada se consegue; outras vezes nada damos e o amor se rende a nossos pés" [Clarise Lispector]

Nenhum comentário: